Libertadores: Corinthians empata com o Emelec-EQU e Vasco derrota o Lanús-ARG com direito a golaço de Diego Souza:

Emerson, do Corinthians, no jogo contra o Emelec, no Equador, pela Libertadores 2012

x
EMELEC-EQU 0x0 CORINTHIANS

http://3.bp.blogspot.com/_OfkqvQqHznw/SZLVfMQeybI/AAAAAAAADrM/GjnJo03opXE/s400/Logo_Libertadores.jpg




O Corinthians se manteve ainda invicto nesta Copa Libertadores de 2012 ao empatar com o Emelec-EQU no estádio George Capwell, em Guayaquil, por 0x0 na noite desta quarta-feira. O time ficou a uma vitória simples na partida de volta da classificação para as quartas de final, em que enfrentaria Vasco ou Lanús. A equipe paulista fez um bom primeiro tempo, ficando com a bola nos pés, mas não criou muitas chances de gol. Na melhor delas, Emerson, que foi o jogador mais efetivo da equipe paulista, avançou pela esquerda e chutou para fora. Os brasileiros administraram a partida, tentando não correr muitos riscos. No começo do 2º tempo, Jorge Henrique cometeu falta, levou o segundo cartão amarelo e foi expulso. Para aumentar a emoção, Valencia ainda cobrou uma falta no travessão do goleiro Cássio, novo titular escalado pelo técnico Tite. As duas equipes voltarão a se enfrentar na próxima quarta-feira, no Pacaembu. Dono da segunda melhor campanha geral na fase de grupos, o Corinthians terá de vencer. O Emelec será beneficiado de qualquer placar de igualdade, exceto o 0x0, que provocaria a disputa de pênaltis.




x
VASCO 2x1 LANÚS-ARG

http://3.bp.blogspot.com/_OfkqvQqHznw/SZLVfMQeybI/AAAAAAAADrM/GjnJo03opXE/s400/Logo_Libertadores.jpg

Vasco vence mas deixa escapar a vantagem de dois gols e o técnico Cristóvão Borges foi chamado de burro pela torcida, mas não foi uma partida desastrosa. A missão de vencer sem levar gols não foi alcançada, mas ainda assim o Vasco não pode se queixar, já que derrotou o Lanús-ARG por 2x1 na noite desta quarta-feira, no estádio São Januário, no Rio de Janeiro, e agora precisará da apenas um empate na semana que vem para ir às quartas de final da Libertadores. Em um bom primeiro tempo, o time carioca abriu o placar aos 25 minutos, quando Alecsandro desviou cruzamento de Éder Luís e matou o goleiro Marchesín. Aos 42, Diego Souza fez uma obra-prima. Após jogada trabalhada com Alecsandro, a bola sobrou na meia-lua para o camisa 10, que deu um chapéu no zagueiro e, sem deixar cair, fuzilou para a rede.


Na volta do intervalo, o Vasco chegou a ter um pênalti marcado contra si, mas o árbitro voltou atrás ao ver que o assistente dera impedimento. Aos 17, não teve jeito: Valeri cruzou da direita, Fagner falhou e Regueiro ficou com a bola para chutar forte e vencer Prass. A partida de volta será disputada na próxima quarta-feira, no Estádio La Forteleza, na cidade de Lanús. Para passar de fase, vale para o Vasco qualquer empate ou até derrota por um gol de diferença contanto que marque duas vezes na casa do adversário. Derrota por 1x0 ou por dois gols de diferença elimina o time carioca, enquanto novo 2x1, mas a favor do Lanús, leva a decisão para os pênaltis.




1 comentário

Giovani Mattiollo em 4 de maio de 2012 11:57

Mas olha que o resultado do Corinthians foi melhor.
O gol do Diego Souza merece aplauso mesmo

http://www.gremista-sangueazul.com

 
▲ Topo