Gabriel Nogueira: Os fatos apontam que Felipão precisaria permanecer até domingo

 
Por: Gabriel Nogueira
@nogueiracontato

Com a informação que está ocorrendo uma reunião na tarde desta quinta-feira entre Felipão, diretoria e o gerente de futebol César Sampaio, logo surgiram as especulações de uma possível saída do atual técnico palmeirense. Está certo, não seria uma surpresa tendo por base que o mesmo joga toda a responsabilidade das derrotas para si e consequentemente sofre com a pressão de todos os lados. Só que as pessoas estão achando que demitir Felipão salva o Palmeiras do rebaixamento. Errado. Não pode-se basear em uma possibilidade, além de que a realidade não mostra alternativas melhores para a atual situação. Esse cenário é o melhor possível, por incrível que pareça. 

Será que nessa situação realmente falta raça por parte dos jogadores e moral do comandante? Felipão nunca foi um boca mole, sempre que preciso barra jogadores com baixo rendimento e esse é o ponto: a falta de qualidade. Palmeiras joga razoavelmente bem mas perde a pegada e isso é fruto da falta de técnica. 

Outro ponto são as alternativas. Correm boatos que Leão, ex-São Paulo e atualmente no São Caetano e Jorginho ex- Portuguesa são os mais cotados. Ora, ora. Dois técnicos recém-contratados em seus respectivos clubes iriam se arriscar tanto assim? Ou melhor: quem garante que eles tem qualidade para isso?  

Os dois trunfos do Palmeiras são: A demissão de Felipão e o jogo de domingo, acho que todos concordam que não há nada além disso para mudar a história. Então eu me pergunto o motivo de correr o risco de jogar fora seus dois tiros em menos de uma semana. Se demitir e perder domingo...acabou! só milagre reverteria a situação. As torcidas organizadas cairiam em cima e a equipe provavelmente iria perder o padrão fazendo diversas mudanças técnicas e táticas no desespero. 

O melhor a fazer além de esperar o resultado de domingo é o Sr.Arnaldo Tirone se impor e ao invés de aumentar o 'bicho' dos jogadores, pelo menos é o que eu faria, intimidar eles, colocá-los sob-pressão. É time grande, vão ter que se virar e melhorar seus desempenhos, sobretudo Valdívia. E ainda diria que faria estes mesmos permanecer na série B ano que vem, sem vender os badaladinhos. 

CURIOSIDADE

O primeiro rebaixamento do Palmeiras teve como vilão Luxemburgo, que diferente aparentemente de Felipão quis sair. E o curioso é que foram os dois únicos técnicos a darem títulos importantes para o Palmeiras nos últimos anos. 

2 comentários

Anônimo em 13 de setembro de 2012 18:42

Olha só, informações bastante parecidas com as do PVC e do Gian Oddi...

Anônimo em 13 de setembro de 2012 22:15

Até concordo mas slá não dava mais

 
▲ Topo