Série A: Fluminense sofre para vencer o Náutico neste sábado em Volta Redonda-RJ! Polêmica em pênalti não marcado para o Náutico irritou alvirrubros

  
Fluminense  FLUMINENSE  2x1  NÁUTICO  Náutico

O placar de 2x0 no primeiro tempo faz parecer que o Fluminense não encontrou muitas dificuldades para superar o Náutico. O que aconteceu foi justamente o contrário. O Náutico, jogando fora de casa, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda-RJ, criou problemas para o time de Abel Braga, que até começou bem, mas caiu de rendimento e deu chances para os nordestinos saírem na frente do placar.

Na melhor oportunidade dos visitantes, Rogério passou por Carleto e chutou na pequena área obrigando Cavalieri a fazer boa defesa. Uma das características do Fluminense é a precisão na hora da definição. O Tricolor não costuma falhar na hora de passar a frente do marcador. Por falar em falha, foi a partir de um erro de Gideão que o time das laranjeiras abriu o caminho para a vitória. Aos 40 minutos, em cobrança de escanteio, o goleiro saiu mal e deixou o gol livre para Leandro Euzébio completar. O líder saiu na frente no fim do primeiro tempo e ainda conseguiu ampliar antes do intervalo. Aos 45 minutos, Deco lançou Thiago Neves em profundidade, que cruzou para Fred finalizar.


O Fluminense diminuiu o ritmo no segundo tempo, o time tocava a bola esperando o tempo passar. O Náutico foi crescendo na partida e começou a ameaçar a meta de Diego Cavalieri. Aos 36 minutos, Kim recebeu belo passe na área e mandou para o gol. Os 10 minutos seguintes foram de extrema agonia para os tricolores. O Náutico foi para cima e chegou muito perto do empate. Aos 37, Rhayner invadiu e chutou prensado para defesa de Cavalieri. 

Aos 42 minutos, Souza cobrou falta e Kim cabeceou para grande defesa do goleiro, no rebote, o mesmo Kim teria feito o gol se Gum não tivesse cometido pênalti não marcado pelo árbitro. Mesmo com o sufoco, o Fluminense conseguiu segurar o resultado e sair de campo com a vitória. O Tricolor atingiu os 56 pontos e colocou pressão em Atlético Mineiro e Grêmio, que se enfrentam neste domingo, em Minas Gerais. O Náutico saiu reclamendo bastante de um pênalti não marcado para assim beneficar o Fluminense e cai para a 13ª posição com 31 pontos e pode cair de posição ainda no encerramento desta rodada. Para Alexandre Gallo, treinador do Náutico, o lance não deixou dúvidas que Kim foi empurrado quando ia empatar o jogo para o time pernambucano.



1 comentário

Sangue Azul em 23 de setembro de 2012 22:48

Pênalti escandaloso para o Náutico, meu Deus! Mas líder tem que contar com isso também...

http://www.gremista-sangueazul.com

 
▲ Topo