Eurocopa: Realidade Crítica - Os enganadores dessa primeira fase da Euro 2012


Thiago Motta: Italiano brasileiro com grife?.


Acabou a fase de grupos da Euro Copa 2012. Nesta Quinta Feira, começa a fase de mata-mata. Um avança para as Semi, o outro dá adeus ao torneio. Ou seja, agora os erros não poderão ser mais perdoados. E com o termino dessa fase de grupos, alguns jogadores vingaram, outros não. Fiz uma lista que tem 12 jogadores que apenas enganaram nessa Euro Copa. Lógico que alguns podem calar a minha boca nas Quartas de Final -assim espero-, mas queira ou não, esses jogadores foram muito pífios na fase de grupos. O curioso é que na maioria deles, havia expectativa neles:

Xavi - Espanha

Eu o coloca aqui mais pelo seu potencial que tem, do que pela sua má atuação. Taticamente ele é importante, no entanto tem que jogar mais nessas Quartas. Até o Iniesta foi melhor do que ele -era para ser ao contrário-. Espero que nas Quartas ele melhore, assim a Espanha vai jogar muito melhor.

Thiago Motta - Itália

Erroneamente foi botada muita expectativa em cima dele. Mais por ser brasileiro, do que por ter qualidade. Não conseguiu enxergar algum tipo de futebol nele. O caso dele é parecido com o do Xavi. A diferença é apenas a técnica. Xavi tem, ele não. A importância dele também é tática, já que a Itália tem um meio de campo que foca distribuir e trabalhar bem as jogadas.

Robben - Holanda


Robben perdeu contra o Chelsea, o pênalti e o seu futebol.

O caso do Robben talvez seja um dos mais curiosos dessa Euro. Antes desse início, vamos a ordem cronológica para vocês entenderem o por que da curiosidade. Começamos em 2010, após ele ter ido bem em alguns jogos pela Holanda. Houve um certo exagero no jogo contra o Brasil, mas ele foi bem. Depois nessa temporada, não foi bem, mas na reta final da UCL, foi importante para o Bayern de Munique. Mas após a derrota para o Chelsea, seu futebol novamente decaiu. Como podemos perceber, acho que o problema do Robben é mais psicológico, do que técnico. Só que aqui é chá na chaleira e café no bule, por isso que ele foi mau, ponto final.

Balotelli - Itália

Foi um jogador que também foi mau por culpa dele, por que futebol ele tem. Contra a Espanha, quis até ser o gandula do jogo. Não estou dizendo que ele não deve ter vontade, no entanto excesso prejudica. Precisa mesclar isso com técnica, finalização e objetividade. Isso que faltou ao 'Why always me?'. E no segundo jogo contra a Croácia, não teve objetividade, sendo sacado do time pelo técnico Cesare Prandelli contra a Irlanda. Acho que agora nas Quartas, ele deve ir bem.

Lewandowski - Polônia

Ele entrou nessa Euro Copa com o status de revelação do ano. Fez uma brilhante temporada pelo Borussia Dortmund, mas não podemos esquecer que o Borussia foi bem também. Vejo que ele mais usufruiu do Borussia, do que foi bem realmente. Pode ter futebol, mas não demonstrou muito futebol. Está certo que a Polônia é pífia, no entanto craque que é craque -ou revelação que é revelação-, não tem disso. Podemos dizer que ele entrou com status e saiu sem.

Sneijder - Holanda


Sneijder: de carrasco do Brasil, a carrasco da Holanda.

Já era de se esperar que ele fosse mau nessa Euro. Fez uma temporada pífia -junto com a Inter de Milão inteira-, deixou seu futebol na África e está totalmente ruim. Aliás em relação a sua aparição na África, vejo que o fato é igual ao do Robben. Houve exagero, mas tem uma importância tática. Bom, podemos eleger Sneijder um dos piores jogadores de grife dessa Euro. Acho que a legenda diz tudo, rs.

Cassano - Itália

Foi outro jogador que veio com uma boa grife, já que fez uma boa temporada -apesar da cirurgia que fez, foi bem-. Acho que a cirurgia pode te influenciado no seu mau futebol, mas se ele não está se sentindo bem, por que não diz ao técnico? Por isso que não acho essa desculpa válida. Vejo que ele ainda está entrando nos eixos. Sendo assim, tenho a leve sensação que não deve brilhar pela Azzurra.

Welbeck - Inglaterra

Welbeck nunca demonstrou com muita efetividade seu futebol, já que no Manchester United sempre foi reserva. Na Inglaterra, foi titular e não demonstrou se quer um pingo de futebol, apenas enganou. 'Ah mais ele fez um gol', mas foi de cabeça ironicamente. Sem querer desmerecer pois tem jogador que não fez gol nem por macumba, no entanto chega a ser irônico, pois não foi um gol de camisa 9. Apesar de ele não ser camisa 9, teve uma função de camisa 9. Precisou do Rooney entrar no jogo contra a Ucrânia, para ele aprender um pouco.

Van Persie - Holanda


Nessas horas que a gente vê quem são os verdadeiros jogadores.

Esse talvez foi um dos maiores enganadores, se não o maior. No Arsenal ele já desempenha esse papel. Na Holanda então nem se fale. Pode ser um jogador artilheiro, no entanto está longe de ser um grande artilheiro. Marcar gol todo mundo marca, mas jogar bola de verdade, são para poucos. Por mais que essa análise soe ignorante, talvez seja necessário essa citação, pois a mídia exagerou e muito em relação ao Van Persie. E ele não só enganou, como amarelou. Cade o fodão do Van Persie? Não vi.

Nasri - França

Após ter um papel razoável de coadjuvante no Manchester City, Nasri foi considerado uma das apostas da França. E a aposta acabou não vingando. Se no Manchester City o seu papel é de coadjuvante, na França foi de faxineiro mais ou menos. Tem a desculpa que ele é jovem e está em desenvolvimento -até acho aceitável-, porém minhas críticas não estão nem aí para isso. Acho que precisa de muito areia no seu caminhão, para ser um grande jogador.

Benzema - França

Se no Real Madrid ele já desempenha um papel de enganador, na França foi o mesmo caso. Aliás, seu caso é parecido com o de Nasri. A diferença é que Benzema não é tão novo assim, já queimou muita lenha, e queimou por queimar. No Real o time lhe ajuda muito, já na França que não tem uma grande seleção, ele tem que crescer. Só que ele não desempenhou essa função. Ele foi tão mau, que eu nem ouvi o nome do Benzema nem na escalação.


Bom é isso galera, as Quartas da Euro vem aí e continue acompanhando a cobertura completa no Conexão Paulista e no Digão Futebol.


Gabriel Tramarin



1 comentário

Gabriel Nogueira em 20 de junho de 2012 13:58

Eu não concordo com alguns nomes pois são enganadores, prometem muito e não são nada. Agora Xavi sim, já foi campeão da Champions, assim como o Sneijder. Agora Balotelli, Nasri e Lewandowski são super valorizados para mim. São apenas mais um tecnicamente e taticamente, ainda que em termos de personalidade Balotelli encante, mas no futebol não. Benzema e Welbeck são promessas, é o mesmo que Leandro Damião por exemplo. Van Persie e Robben nunca foram nada, são velhos sacis e títulos???? nunca vi protagonizando! Eu entendo sua posição dos enganadores, mas vejo que ocorre um erro seu e das demais pessoas ao colocarem esses jogadores em um patamar importante, sendo que eles não têm. Com isso, concordo com as críticas somente para Xavi e Sneijder que tem HISTÓRIA.

 
▲ Topo