É errado um técnico que fala mal do elenco de outro clube? Hélio dos Anjos falou mal do Vila Nova e depois da polêmica, pediu desculpas!

http://globoesporte.globo.com/platb/files/1031/2011/08/helio-dos-anjos.jpg

POLÊMICA :

"MEU PENSAMENTO É AQUELE MAS NÃO PODERIA TER FALADO"



O técnico do Atlético Goianiense, Hélio dos Anjos, pediu desculpas aos jogadores do Vila Nova-GO por tê-los criticados após a vitória de seu time sobre o alvirrubro no último clássico entre as duas equipes neste Goianão!


"Quero pedir desculpas aos atletas e aos profissionais do Vila. Meu pensamento é aquele, mas poderia não ter falado. Se eu sentar com todos os analistas de futebol para falar sobre a situação deste time, todos vão falar o que eu falei",..., "Vamos parar de hipocrisia, um profissional pode dar opinião, mesmo se esta opinião ofenda as pessoas. Eu não exijo que ninguém me peça desculpas por me chamar de burro, de incompetente, então eu estou pedindo desculpas porque são meninos", disse o treinador após a vitória ontem a noite diante do Morrinhos no estádio Serra Dourada em Goiânia, porém como vimos o assunto era ainda o de sábado passado, o Vila Nova!


Seria prudente um treinador falar esse tipo de coisa de um adversário? Seria anti-ético, ele pode falar isso? Essas e outras indagações foram motivos de muitas discussões em programas esportivos em rádios e tvs aqui em Goiânia e o treinador decidiu se pronunciar pois torcedores vilanovenses, jogadores e toda a imprensa o criticaram muito.


O que causou esse pedido de desculpas foram dentre outras coisas, estas declarações ainda após o clássico de sábado, quando Hélio desabafou:
'Foi muito abaixo das expectativas', ... , 'Não conseguimos alcançar superioridade em relação ao adversário', ... , 'Não gostaria que o Vila Nova se sentisse menosprezado, mas acho que um rival mais encorpado poderia nos trazer problemas', disse Hélio dos Anjos após o Atlético Goianiense vencer o Vila Nova por 1x0 no Serra Dourada no último dia 11 de fevereiro.

Os jogadores Patric e Rondinelly, do Vila Nova-GO, se pronunciaram na terça-feira comentando as falas do técnico do rival Atlético-GO: "- Ficamos bastante chateado, porque menosprezou não só o Vila Nova mas os jogadores também ", disse Patric. "- Todo mundo pode falar o que quiser, mas deixa ele falar, o Vila Nova tem que trabalhar, e tomara que a gente pegue ele mais na frente", comentou Rondinelly.


A polêmica após essas declarações foi geral! Torcedores do Vila Nova se sentiram desreipeitados, os jogadores da equipes que são em sua maioria jovens também não engoliram essas explicações do treinador do rubro negro da capital. E, pra piorar a situação, Valdivino de Oliveira, presidente do Atlético publicou em seu Twitter a sua indignação pela maneira que o clube atuou, pois o Vila Nova-GO foi muito superior mesmo no clássico e todos veem como andam a situação do Vila e o time ter sufocado o Dragão então os dirigentes perderam a paciência pois Hélio dos Anjos que tem praticamente um bom elenco nas maõs não conseguiu uma vitória tranquila, pelo contrário, Jovair Arantes, deputado e um dos principais dirigentes do clube falou publicamente que o Vila que mereceu ter ganho o clássico, com tudo isso Hélio está ameaçado no cargo e começa a disparar pra todo o lado como se o Vila Nova fosse um problema dele.


E tem mais um agravante: Isso ainda pode ser usado pelas torcidas organizadas como mais um incentivo à violância pois não seria novidade essa tendência aqui em Goiânia, como nós mesmos aqui deste site já noticiamos algumas vezes. Falta um pouco mais de responsabilidade e profissionalismo em muitos treinadores e Hélio dos Anjos tem mostrado isso nos últimos tempos.


Hélio ficou mordido sim com as discussões em torno de seu desabafo que tanto criticava sua equipe como criticava e expunha as fragilidades do oponente. Ele não mentiu mas ele deveria ter um pouco mais de respeito pelos torcedores e pela equipe, assim como todos que estão lá. Todos sabem mesmo que o Vila Nova está com problemas dentro e fora de campo, não vem ganhando os clássicos, foi rebaixado recentemente da Série B pra Série C do Brasileirão e agora está na penúltima colocação do Goianão a frente apenas da Anapolina, que também está irreconhecível nesta temporada e do Rio Verde, que ainda não venceu nenhuma das 7 partidas do Camp. Goiano.


Pra falar a mesma coisa porém usando outro exemplo, seria como se ele, treinador, falasse mal do trabalho de outros colegas de profissão também e não é a primeira vez que Hélio protagoniza esses episódios "estranhos" pois em 2009 após Fernandão chegar ao Goiás e o rendimento do clube cair drasticamente, ele foi perguntado se era ciumeira dos outros jogadores por causa de Fernandão e ele disse que não trabalhava com homossexuais, que homem que tem ciúme de outro homem é viado. Quando ele saiu do Vila Nova e foi para o Atlético-GO no ano passado ele detonou o Vila e falou mal da estrutura, disse que o time não tinha comando que era muito desorganizado e que lá nem sabiam quem que mandava já no Atlético todo dia ele tinha uma boa notícia, era organizado e ele sabia quem mandava. Ou seja, ele além de ser falastrão é antiético mesmo.



Lembrando que a torcida do Vila Nova-GO ficou mais revoltada ainda porque Hélio dos Anjos já passou 3 vezes pelo Vila e em nenhuma delas ele agradou a torcida: Na primeira vez, em 1999, ele deixou o Vila e foi treinar o eterno arquirrival Goiás, na segunda oportunidade, no ano passado ele deixou a equipe novamente e foi treinar o Sport e nem terminou o Goianão, sendo que era pra ele ter ficado ao menos até o fim do estadual, aí a torcida ficou na bronca novamente e é visível aqui que os colorados não gostam nem um pouquinho do treinador pois o rotulam de traidor, dentre outros adjetivos. Depois disso ele ficou alguns meses no Sport, perdeu o título do estadual para o Santa Cruz, foi eliminado precomente da Copa do Brasil pelo Sampaio Correa-MA e começou mal a Série B, sendo demitido pelo clube e retornando novamente ao Vila, onde mais uma vez saiu da equipe e ainda reclamou que o time lhe devia, acionando o clube na justiça, depois foi para outro rival, o Atlético-GO onde ficou a partir do segundo turno no comando do Dragão, tirou a equipe do perigo de queda pra 2ª divisão além de classificar o time para a Copa Sulamericana e permaneceu no cargo para o Campeonato Goiano.





1 comentário

Fabiano Henrique em 16 de fevereiro de 2012 15:53

Deve ser dor de cotovelo mesmo. O Dragão tá em boa fase ams tem torcida pequena e ele tá metendo o Vila no pau e ainda continua com essa raivinha? Cara, foi ele quem LARGOU O VILA NA MÃO POR 3 VEZES sem cumprir o contrato e agora quer receber porque ele mesmo que quebrou a cláusula?

Ele deve tá com saudade da torcida do Vila que é a maior do estado e do Centro-Oeste e a mais fiel, vibrante e apaixonda da região. Tá doidinho pro Tigrão chamar ele de volta, pois o Dragão nem torcida tem.

Se ele tá lá do outro lado agora, então que fique por lá, é por essas e outras que até o Goiás não quer mais ele como treinador. Cara que fala mal de seu time e do time dos outros direto. Respeite o Atlético e o Vila seu Hélio, respeite, falastrão.

 
▲ Topo