Copa 2014: Presidente da Fifa aumenta o tom e cobra do Brasil mais agilidade pedindo menos palavras e mais ações!

AFP

MAIS TRABALHO E MENOS CONVERSA !


O suíço Joseph Blatter, presidente da Fifa, voltou a pressionar o Brasil nos bastidores da organização da Copa do Mundo de 2014. O suíço cobrou novas atitudes do governo e pediu para que os responsáveis pelo torneio poupem palavras enquanto trabalham mais nos preparativos da competição.


Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira, Blatter se mostrou satisfeito com a aprovação da Lei Geral da Copa na Câmara dos Deputados e agora aguarda ansiosamente o avanço da medida ao Senado. Entretanto, o aval dos parlamentares brasileiros ao projeto não poupou as críticas do mandatário, uma vez que a votação na Casa se arrastou por semanas.


"Convidamos agora o Brasil a prosseguir com o desenvolvimento que eles já começaram. Pelo menos agora já passaram a Lei Geral da Copa na Câmara, agora tem que ir para o Senado. Agora eles têm que jogar, a bola está no campo deles", disse o exigente presidente da entidade. "Agora esperamos alguns atos, e não só palavras."


As emendas propostas pela Fifa agora serão votadas pelo Senado e passarão para a presidente Dilma Rousseff dar a assinatura final ao documento. Entre todas as leis que o texto abrange, a liberação de bebidas alcoólicas e a utilização dos ingressos com preços de meia-entrada são as que mais geram polêmicas no momento de passar o projeto adiante.



1 comentário

Anônimo em 31 de março de 2012 18:05

Isso aí blatter chuta os traseiros desse povo!

 
▲ Topo