Neymar crucificado: A nova polêmica do momento! Revista Placar causa polêmica através de capa em que Neymar aparece pregado numa cruz!


  
 ESTÁ DANDO O QUE FALAR!
Em meio aos protestos contra as charges do profeta Maomé, revista brasileira causa indignação ao colocar Neymar no lugar de Cristo na cruz!

A capa da revista Placar do mês de outubro está gerando muita polêmica. A fotomontagem com Neymar crucificado, usada para ilustrar o rótulo de "cai-cai" que boa parte dos brasileiros colocou no jogador, gerou muita discussão entre os torcedores e indignação nos religiosos. Após a divulgação da capa e toda a discussão gerada nas redes sociais, a revista divulgou um comunicado oficial se defendendo de acusações e explicando o motivo da escolha da capa.

A discussão que se formou em torno do assunto diz respeito, em maior grau, à comparação de Neymar com Jesus Cristo. A revista garante que apenas se valeu do uso da imagem para ilustrar a reportagem, sem qualquer conotação religiosa.
 "Agradecemos pelas críticas também. A gente compreende a confusão que as pessoas fazem, mas essa é uma interpretação equivocada do nosso trabalho. Vale dizer que a crucificação é um método histórico de execução pública. Pedimos desculpas a quem se sentiu ofendido", escreveu Mauricio Barros, diretor de redação da revista.

"A gente percebeu que aumentaram as críticas a Neymar por simular faltas e pensamos como o jogador mais importante do Brasil, que recebe mais faltas também, é o mais marcado, e está sendo rotulado de mau exemplo. É uma inversão de valores", completou Barros. Apesar de toda a polêmica, a capa da revista será mantida e chegará nas bancas ainda esta semana.

Entretanto vários segmentos cristãos estão revoltados e indignados com a atitude da revista em colocar Neymar no lugar de Jesus pois entende que a imagem será mais influente que a mensagem pois a capa pode sim influenciar mais que o conteúdo da reportagem, além de ser um abuso e desrespeito aos cristãos e a Jesus Cristo. Segmentos evangélicos e católicos estão repudiando essa atitude da revista esportiva Placar.




2 comentários

Gabriel Nogueira em 29 de setembro de 2012 14:11

Eu não sou contra. Concordo com a posição da Placar. Desde que não seja contra lei possuem total direito de fazer isso. Achei um barulho desnecessário. Diferente de quem critica - ainda que eu entenda e respeita suas posições - eu parabenizo pela bela iniciativa. Acho válido a comparação, Neymar é muito crucificado mesmo! Eu iria escrever aqui que é algo desumano, mas não, é MUITO HUMANO MESMO! Prefiro nem falar muito do meu ponto de vista religioso. Mas que não vi Jesus ser crucificado e vejo Neymar...Bem, tenho dois olhos. Fé é acreditar, realidade não se discute. Abraços!

Marcos Vinícius em 29 de setembro de 2012 14:50

Depende da forma de como as pessoas verão a capa. Pode ser ofensivo ou não, mas a cruz lembra lembrará Cristo e é isso que pode incomodar a tantas pessoas. Daqui a pouco colocam Sarney,Bin Laden, Madonna, Lula,na cruz aí vira escracho e esculhambação.

 
▲ Topo