10 argumentos a favor da Portuguesa

 
O meia Héverton, da Portuguesa, que participou alguns minutos da partida contra o Grêmio na última rodada do Brasileirão é o pivô da batalha na qual o Fluminense quer derrubar a Portuguesa via tapetão e assim escapar da degola, ... mais uma vez!

Por: Gabriel Tramarin 
@g_tramarin

Parecia que estávamos livres do tal do tapetão, mas eis que essa semana vimos esse triste episódio voltando a tona do futebol brasileiro.

Muitos vão dizer que estou sendo parcial, mas parem um pouco e veja quantos estão dando enfoque ao lado da Portuguesa? Poucos. Sei que poucos me leem, mas vou fazer a minha parte.


Nessa patifaria toda, o que está me deixando irritado é como a imprensa vem tratando o caso. Sei que a maioria dos casos quando se reclama da imprensa é por ouvir o que nåo quer, ou etc. Achem o que quiser, mas vejam se eu estou certo ou não.


Durante todo Campeonato Brasileiro quantas vezes o tal regulamento foi desrespeitado? Eu até sugiro aos grandes sites e jornais fazerem esse levantamento (O que eu acho difícil). O que vi e inclusive de grandes jornalistas é de que o caso não tem discussão.


Tenham dó. Agora esses cartolas safados vem falar de regulamento, artigo, sendo que os mesmos descumpriram ele adoidado durante o campeonato. Vamos parar de ser inocentes, é uma alegação oportunista, ridícula e suspeita.
  
 

Vamos aos fatos:

1 - Por que quem comunica a decisão do julgamento é o advogado!!!! O STJD só divulgou a decisão oficial NA SEGUNDA (09)
;

2 - A demora na publicação oficial é sim um argumento válido. Ter que ficar sabendo por advogado é o fim do mundo;

 
3 - O artigo 43, parágrafo 2 do CBJD diz que a decisão deve ser cumprida no primeiro dia útil da decisão. O julgamento foi NA SEXTA, dia seguinte SÁBADO, que no nosso país NÃO É DIA ÚTIL. Ou seja, a decisão poderia ser cumprida a partir da Segunda que é o primeiro dia útil posterior a decisão do julgamento.

- Dias úteis no nosso país: Seg a Sexta, exceto feriados*.;


4 - O Cruzeiro escalou um jogador irregular E SÓ PAGOU UMA MULTA. Segundo o advogado do Flu foi por que foi julgado em tal instância e que pode ter novo julgamento em outra instância e o Cruzeiro pode perder pontos. Se fosse para ter outro julgamento, já era para ter tido pois isso não ocorreu semana passada. E se forem fazer outro julgamento e tirarem os pontos do Cruzeiro como disse o advogado do Fluminense (O que acho difícil, mas não impossível), vai ser um atestado de tapetão;

 
5 - A estupidez do regulamento. As torcidas se matam em campo e PERDEM MANDO. Um jogador que atuou nem 20 minutos de forma supostamente irregular, o time perde 3 pontos e mais o da partida. Vale mais um jogador, do que a segurança e as vidas envolvidas no espetáculo. Punir o jogador e multar o clube seria o certo;

 
6 - Em 2010 houve também um caso parecido com o caso do Héverton com um jogador do Duque de Caxias e também não houve perca de pontos. Saiu no Lance!, é só olhar;

 
7 - Ninguém se perguntou por que justo a Portuguesa? Justo nesse momento. Deveria investigar quem passou a informação aos comandantes da Portuguesa! (Que deveria ser o STJD!!!!) Pois os diretores da Portuguesa garantem que eles receberam informações de que ele tinha só UM JOGO para cumprir. O advogado da Portuguesa garante que disse que  ele informou que o jogador ia cumprir DOIS JOGOS;

 
8 - Também é suspeito o fato do advogado da Portuguesa ter representado seis clubes no STJD;

 
9 - Vamos nos atentar ao tal do 'erro de informação interna'  já que a imprensa vem repercutindo isso. Alguém acredita nessa tamanha inocência? Ninguém pode ter sido corrompido, ou ter $acaneado???
;

10 - As várias declarações do Sr. Paulo Schmitt dando mil certezas ao Fluminense sem se quer analisar o caso e indo pela boca da imprensa é PATÉTICO e VERGONHOSO. E também suspeito.


Enfim, as carts estão ai, escolha o seu lado na mesa, pois ela está prestes a virar novamente. Estão tentando passar a imagem de que a alegação do Fluminense é VÁLIDA, IDÔNEA e SEM DISCUSSÃO. Tenha dó, isso que me vem deixando puto.

A imprensa vem se baseando no mesmo discurso sem buscar mais provas e argumentos como esse que falei. Alguns jornalistas falaram isso, ok, não serei injusto, mas a maioria não. É uma pena.

1 comentário

Anônimo em 15 de dezembro de 2013 15:32

Se uma suspensão é decidida, é necessário fazer com que ela seja cumprida. Portanto, após a decisão do tribunal, CBF, Comissão de Arbitragem e clubes envolvidos, deveriam ser digitalmente notificados, tornando claro quais jogadores estão suspensos, e de quais partidas. Assim, o responsável pela partida saberia quem estaria impedido de atuar e tudo estaria resolvido. O que é preciso é tornar o processo seguro, de modo que toda suspensão seja rigorosamente cumprida. Penso que ninguém deve ser punido, a não ser os incompetentes que não tornaram todo o processo claro e seguro. Se em um concurso
com várias etapas, algum candidato é desclassificado, ele estará impedido de participar das etapas restantes. Então, que se tomem as medidas necessárias para garantir o cumprimento das decisões do tribunal. Isso sim impedirá novos "erros". Por outro lado, punir, com a perda de pontos, a Portuguesa, o Flamengo, ou qualquer outro clube, na "39ª rodada" do Brasileirão, de nada servirá para impedir que fatos como este voltem a se repetir.

 
▲ Topo