Série A: Inter e Flu venceram! Coritiba e Bahia e Ponte e Flamengo ficaram no empate:

Coritiba x Bahia (Foto: Divulgação/ Site Oficial do Coritiba)
Coritiba CORITIBA  2x2  BAHIA Bahia

Jogando no estádio Couto Pereira, em Curitiba, foram os visitantes quem saíram na frente aos 19 minutos do primeiro tempo. Wiliam Barbio cruzou rasteiro e encontrou Wallyson. O atacante teve calma e só tirou do goleiro para estrear o marcador. O time nordestino ampliou no início da outra etapa. Chutão para o ataque e Obina, em disputa com o zagueiro, desviou para frente. Wiliam Barbio matou, ganhou na corrida e finalizou forte. 

Já com 20 minutos, o Coritiba descontou. Após cruzamento da esquerda, Julio Cesar deu um leve desvio e ainda contou com ajuda da zaga adversária para marcar. O empate suado chegou somente nos acréscimos, aos 46 minutos. Julio Cesar pegou rebote de Marcelo Lomba e botou na área. Alex imendou uma bicicleta e não deu chances ao goleiro, marcando um lindo gol que salvou os donos da casa de uma derrota diante de sua torcida.

  internacional inter criciúma gol otávio alex (Foto: Alexandre Lops/Divulgação Inter)
Criciúma CRICIÚMA 0x1  INTERNACIONAL Internacional

Depois de dois jogos sem vitória no Brasileiro, o Internacional fez sua parte contra o Criciúma, fora de casa, no estádio Heriberto Hülse, embora não tenha sido fácil. O Colorado dominou o primeiro tempo, teve mais posse de bola, mas não marcou. O gol surgiu no início da segunda etapa. D'Alessandro tabelou com Kleber na esquerda, chegou à linha de fundo e rolou para trás. Otávio se atirou de carrinho para completar para o fundo da rede. Os donos da casa ensairam uma pressão no fim da partida, porém sem sucesso. O Inter foi melhor no jogo e levou os três pontos.

 não
deu (Photocamera) 
  Fluminense FLUMINENSE  2x1  PORTUGUESA Portuguesa

Fluminense e Portuguesa fizeram o famoso "jogo de seis pontos" no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela parte de baixo da tabela. Separados por apenas um ponto, o resultado positivo era fundamental para ambos. E a Lusa foi ao ataque para buscá-lo. Aos dois minutos, Luis Ricardo arriscou de longe e o goleiro Diego Cavalieri espalmou para o lado. Em novo ataque, Moisés cruzou da esquerda e Cavalieri salvou com o pé. Grande defesa! O Fluzão respondeu em seguida, com Rafinha, mas Lauro defendeu bem. Os visitantes, então, chegaram ao gol. Moisés botou na área e Diogo, sozinho, cabeceou para marcar. Sóbis, no fim, teve uma chance clara de empatar, mas mandou para fora.

Na primeira chance concreta da etapa final, veio o gol do Flu. Após bicicleta de Anderson, Moisés colocou a mão na bola e o juiz não teve dúvida ao assinalar a infração. Sóbis encheu o pé e mandou no meio. Lauro escolheu um canto e nada pôde fazer. E o Tricolor manteve a pegada. Bruno fez boa jogada pela direita e a bola chegou para Edinho, que, da entrada da área, bateu por cima. Aos 27, os cariocas tomaram a frente do marcador. Após cruzamento de Sóbis, Wagner só completou para o gol e ampliou. A cinco minutos do fim, Samuel completou cruzamento e mandou no ângulo. Lauro fez grande defesa. Com a vitória, o Fluminense chegou a 26 pontos e deu um salto na classificação. A Portuguesa continuou no grupo dos quatro últimos.

  Arthur e Hernane Ponte preta e Flamengo (Foto: Rodrigo Villalba / Agência estado)
  Ponte Preta PONTE PRETA  1x1  FLAMENGO  Flamengo

Ponte Preta e Flamengo se enfrentaram nesse domingo pela 21ª rodada do Brasileirão 2013, porém ambas as equipes estão ameaçadas de cair para a 2ª divisão e uma vitória seria muitíssimo importante, porém isso não ocorreu! Desde o primeiro minuto, o Flamengo tomou a iniciativa, mas pecou nas conclusões. No primeiro ataque, Paulinho puxou em velocidade, deixou Gabriel cara a cara, mas ele matou errado e não concluiu a jogada. Se comportando como visitante em sua própria casa, a Macaca acabou criando chances mais concretas. Primeiro, com Adrianinho de fora da área, e depois com Baraka, em desvio de cruzamento.

Na etapa complementar, a situação se inverteu. Se a Ponte voltou melhor, o Flamengo criou a melhor chance até os 15 minutos. Tabelinha entre João Paulo e Hernane. A bola sobrou limpa para o jogador do Fla que perdeu chance claríssima. Aos 19, Samir foi expulso pelo segundo amarelo e o Fla caiu. Três minutos depois, Artur completou cruzamento com um chute forte e marcou para os paulistas. Castigo que já era anunciado. No fim do duelo, o Rubro-Negro ensaiou uma pressão e foi recompensado. Após cruzamento de João Paulo, a bola sobrou para André Santos, que finalizou e contou com desvio para empatar.

Comentários

 
▲ Topo